O homem mais rico da Babilônia


Taí um livrinho simples, com linguagem fácil, que me recomendaram há vários anos, mas pelo qual nunca havia me interessado. Talvez pelo título, talvez pela mensagem de auto-ajuda que as pessoas que o recomendaram pareciam transmitir, o fato é que o livro não havia me chamado a atenção até o início deste ano. Ao lê-lo, contudo, tive uma impressão totalmente diferente: é um livro excelente, especialmente para quem deseja começar a organizar a sua vida financeira e a trilhar os caminhos dos investimentos financeiros.
A estrutura do livro é bem simples: é um conjunto de contos sobre os súditos da Babilônia e os dilemas financeiros deles. Um dos contos, que dá nome à obra, conta a estória de como Arkad, após reorganizar sua vida financeira, teria conseguido passar de uma vida de dívidas e sem nenhuma perspectiva para uma vida de riqueza e prosperidade.
O segredo da mudança é bem direto: basta seguir certos princípios básicos que reorganizar a vida financeira se torna uma tarefa simples. Simples, mas não fácil: é preciso ter força de vontade para abrir mão de um estilo de vida mais pomposo e se contentar em viver de maneira mais frugal.
Em síntese, os princípios são os seguintes: guardar pelo menos 10% de tudo o que se ganha, fazer o dinheiro crescer investindo em empreendimentos seguros, controlar os gastos, fazer do lar um investimento lucrativo (e não uma fonte de gastos crescentes), assegurar uma renda futura. Segredos simples, mas que dependem de muita força de vontade e disciplina para serem implementados.
Outro aspecto importante do livro é a sua intenção de mostrar para o leitor que os segredos de uma vida financeira próspera não são mirabolantes – provavelmente, são os mesmos desde que o mundo é mundo. É por isso que o autor situa os contos na antiga Babilônia: o objetivo é mostrar a universalidade e a atemporalidade dos princípios básicos que regem as finanças pessoais. Os contos poderiam se situar numa Atlântida fictícia, na Idade Média ou numa sociedade futura, e não faria diferença.
Recomendo o texto para quem está dando os primeiros passos e para quem já sabe um pouco mais sobre finanças pessoais e deseja relembrar algunss fundamentos básicos.

wpid-Babi-2010-05-28-06-00.jpg
O significado do sucesso como resultado dos esforços e aptidões está neste livro de George Clason, que tem sido considerado um guia para a compreensão financeira. Segundo o autor, o propósito é justamente este – oferecer àqueles que ambicionam o sucesso financeiro um insight para ganhar dinheiro, poupá-lo e fazer com seus lucros ainda mais dinheiro.

Via, www.opequenoinvestidor.com.br/


Mantenha-se informado. Receba as postagens grátis!: Clique aqui e assine.

Você gostou deste artigo? Compartilhe:
TwitterDeliciousFacebookDiggStumbleuponFavoritesMore

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | coupon codes