Vantagens de comprar imóvel usado



casa própria
Ao decidir comprar a casa própria, muitas pessoas enfrentam o dilema de ter que escolher entre um imóvel usado ou um imóvel novinho em folha. Muitos já torcem o nariz quando alguém fala em comprar um imóvel usado, mas a verdade é que há pontos positivos e negativos em comprar uma casa ou um apartamento de “segunda mão”. Vejamos algumas!

Primeira vantagem: o preço dos imóveis usados normalmente é mais acessível

A primeira vantagem é o preço. Do ponto de vista racional, é fácil entender porque as pessoas preferem uma casa nova a uma antiga. Um imóvel novo normalmente tem um bom encanamento, a parte elétrica está tranquila, as paredes estão pintadinhas e o piso está perfeito. Imóveis antigos, contudo, podem precisar de uma boa reforma antes de se tornarem minimamente confortáveis. Por isso, muitas vezes eles são anunciados com bons descontos, que podem se tornar uma boa vantagem para quem tiver coragem de adquiri-los – às vezes, mesmo com os custos da reforma, ainda assim há boas vantagens em comprá-los.
Por essa razão, comprar casas ou apartamentos usados pode ser uma boa No e-book “O livro negro dos imóveis”, Leandro Ávila comenta as vantagens que um investidor pode obter ao comprar imóveis usados, reformá-los e posteriormente vendê-los:
“O imóvel usado pode sofrer uma grande valorização quando você realiza uma pequena reforma ou um bom projeto de decoração. Não é a toa que muitos investidores ganham muito dinheiro comprando imóveis usados em condições ruins, fazem uma reforma e depois vendem o imóvel por valores no mínimo 30% mais caros, apenas alguns meses depois da compra.”
Com os preços mais baixos, fica mais fácil financiar imóveis usados do que os novos.

Segunda vantagem: ao comprar a casa própria de segunda mão, você sabe o que está levando

Quem compra um imóvel na planta, tem apenas uma expectativa. Mesmo que os memoriais descritivos do imóvel sejam adequados, o comprador nunca sabe exatamente o que está levando. Algumas empresas podem até usar materiais piores do que os combinados, na esperança de que apenas um ou outro adquirente tomará alguma medida para garantir o que levou. Além disso, como o caso Encol mostrou há alguns anos, sempre é possível levar um calote e passar um bom tempo atrás do prejuízo. Você pode ter uma ideia do que aconteceu no seguinte vídeo:

Pois é, ao comprar um imóvel usado, você não se arrisca tanto, pois já pode saber exatamente o que está levando. Com cuidado, é possível averiguar se o imóvel tem problemas estruturais e fazer uma boa aquisição a preços mais razoáveis.
A essas alturas, você pode estar pensando: como comprar um imóvel na planta pode ser mais caro que um imóvel usado, se aquele ainda nem existe e o comprador tem que correr o risco de eventuais atrasos ou de embargos ou da falência da companhia.

Terceira vantagem: estrutura de imóveis antigos pode ser melhor que a de alguns novinhos em folha

Você já percebeu como empreendimentos novos têm paredes que nem de longe são resistentes como as de imóveis antigos, de alvenaria? As novas paredes em dry wall (chapas de gesso parafusadas em perfis de aço) têm sido muito utilizadas. Mas tente prender algum objeto pesado nela, como armários ou racks… se não houver estruturas de aço pré-instaladas atrás das paredes para dar suporte, o resultado pode não ser nada agradável.
Além disso, imóveis antigos normalmente são maiores que os imóveis na planta. As plantas novas, principalmente de “condomínios-clube”, apostam no compartilhamento de infraestrutura com os demais condôminos. Por isso, as unidades residenciais são menores, já que “não precisam” (na opinião da construtora) de espaços para bibliotecas, para receber os amigos (que podem ir para o “espaço gourmet”) ou de quartos adicionais para as crianças. Como os apartamentos maiores têm preços exorbitantes, o jeito é se contentar com apartamentos de 2 quartos sem espaço pra nada.
Quarta vantagem: localização dos imóveis antigos normalmente é melhor
Os novos empreendimentos normalmente são construídos em regiões mais distantes do centro da cidade, onde há engarrafamentos e é preciso um grande deslocamento para o trabalho. Já apartamentos e casas antigos são naturalmente localizados em lugares mais próximos ao centro. Às vezes isso é ruim, em cidades onde o centro já foi bastante degradado, mas muitas vezes é possível encontrar bons imóveis em lugares bem localizados, com preços relativamente competitivos em relação a outro mais novos.
E você, vê outras vantagens em imóveis antigos em relação aos novos?

Imagem via Shutterstock, www.opequenoinvestidor.com.br


Mantenha-se informado. Receba as postagens grátis!: Clique aqui e assine.

Você gostou deste artigo? Compartilhe:
TwitterDeliciousFacebookDiggStumbleuponFavoritesMore

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | coupon codes