Aparência e influência – Dr. Lair Ribeiro


Na vida, somos julgados por quatro coisas: o que fazemos, a nossa aparência, o que falamos e o modo como falamos.
Quando uma pessoa é apresentada a outra, em menos de cinco minutos surge a pergunta: “O que você faz na vida?”
O modo como você descreve a sua contribuição para o Universo, juntamente com a sua aparência e o conteúdo da sua conversa, constituem fatores importantes no seu poder de influência.

Aparência é fundamental
O modo como nos apresentamos é muito importante. Quando estamos de jeans e camiseta, transmitimos um tipo de mensagem. Quando nos vestimos de modo mais formal, de acordo com a ocasião e com a posição que ocupamos na empresa, transmitimos outro, bem diferente.
A maneira como nos vestimos é uma mensagem, que comunica quem somos e qual é o nosso propósito.
O visual pode ser um ponto positivo ou negativo na sua carreira, dependendo de como você cuida dele.
Imagine que a campainha da sua casa toca e, quando abre a porta, você depara com dois indivíduos trajando uniforme policial e usando distintivo policial. Até que se prove o contrário, você está sendo abordado pela polícia, não é verdade? Porém, nada foi dito: você concluiu pela aparência do que pode ver!
Uma pessoa adequadamente vestida para determinado contexto tem um impacto positivo, e o visual passa a ser vantagem estratégica. Não foi por acaso que o presidente norte-americano, George W. Bush, usou jaqueta, em vez de paletó, quando se encontrou com os bombeiros, após o ataque terrorista de 11 de setembro de 2001.
Se você optou por uma carreira executiva, tem de submeter-se a um modo de vestir padronizado pela empresa que você representa.

De acordo com a situação
A ênfase maior no mérito do que na aparência tem provocado uma onda de “casualização” no modo de vestir, gerando uma descontração profissional. No entanto, na maioria das interações profissionais importantes, o terno para o homem e o tailleur para a mulher ainda são as preferências.
Se houver dúvida sobre como se apresentar em determinadas situações, é melhor contratar uma assessoria especializada no assunto. Há, também, muitos bons livros nessa área.

Algumas dicas importantes para os homens
Camisas: Brancas ou azul-claras, de algodão puro, com mangas um centímetro mais compridas que as mangas do paletó. O colarinho da camisa deve aparecer um centímetro acima do colarinho do paletó.
Gravatas: Devem ser 100% seda ou lã, em cores discretas e longas o suficiente para terminar na altura da fivela do cinto.
Paletós: As lapelas devem ser proporcionais, os ombros bem-definidos e mangas, terminando no começo das mãos.
Calças: Devem ser mais largas do que justas, com o comprimento na altura do começo dos saltos dos sapatos.
Sapatos: Com solado em couro, nas cores preta ou marrom-escuro. Sapatos pretos podem ser usados com terno azul ou cinza. Sapatos marrons não devem ser usados com terno azul.
Meias: Devem combinar com a cor dos sapatos.
Algumas dicas importantes para mulheres
Apesar de, a cada estação, a mulher procurar entrar em sintonia com a moda, existem peças que são indispensáveis para toda executiva:
Camisas: Brancas ou em tons pastel, de tricoline ou seda.
Calças: Bem-cortadas, nos moldes do estilo masculino.
Saias: Retas ou plissadas, de acordo com a largura dos quadris, com comprimento na altura dos joelhos.
Acessórios: Sapatos bicolores ou coloridos, bolsas de tamanho e alças médios, lenços de seda para o pescoço e jóias delicadas e pequenas.
Maquiagem: Discreta, mas nunca sem maquiagem.
Perfume: De boa qualidade, discreto e usado com moderação.
Via, http://gazetanews.com


Mantenha-se informado. Receba as postagens grátis!: Clique aqui e assine.

Você gostou deste artigo? Compartilhe:
TwitterDeliciousFacebookDiggStumbleuponFavoritesMore

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | coupon codes